top of page
  • Foto do escritorSilvio Kniess Mates

Por que Existem Problemas Emocionais?

Atualizado: 28 de jun.

Resumo: Os tijolos que constroem nosso eu são nossas memórias. Sem memórias, quem seríamos? Você nem sequer saberia falar. Se somos feitos de memórias, o que acontece quando temos muitas memórias tóxicas? Memórias são assim chamadas porque nos lembramos delas. Mas o que ocorre quando uma determinada memória surge repetidamente em nossa mente, mesmo que pareça insignificante? Elas começam a se tornar tóxicas, pois tudo em excesso é prejudicial, até mesmo a comida. Quando certas memórias ocorrem em excesso, como memórias de abuso, violência verbal, rigidez educacional, bullying, relacionamentos tóxicos, sentimento de culpa, e muitos outros, o que você acha que acontece? Elas se tornam problemáticas e causam sofrimento emocional.

Os tijolos que constroem nosso eu são nossas memórias. Sem memórias, quem seríamos? Você nem sequer saberia falar. Nossas memórias moldam nossa identidade, nossas percepções e nossas reações ao mundo. Elas são a base do nosso ser. No entanto, se somos feitos de memórias, o que acontece quando temos muitas memórias tóxicas?




A Natureza das Memórias


Memórias são assim chamadas porque nos lembramos delas. Elas são registros de eventos, emoções e experiências que moldam nossa visão de mundo e nossas reações. No entanto, quando uma determinada memória surge repetidamente em nossa mente, mesmo que pareça insignificante, ela pode se tornar tóxica. Tudo em excesso é prejudicial, até mesmo a comida. Da mesma forma, memórias recorrentes e negativas podem se tornar problemáticas.


O Efeito das Memórias Tóxicas


Quando certas memórias ocorrem em excesso, como memórias de abuso, violência verbal, rigidez educacional, bullying, relacionamentos tóxicos, sentimentos de culpa e muitos outros, elas podem causar sofrimento emocional. Essas memórias repetitivas e negativas influenciam nossa percepção de nós mesmos e do mundo ao nosso redor. Elas podem criar padrões de pensamento e comportamento que perpetuam o sofrimento e dificultam o bem-estar emocional.


Memórias de Abuso e Violência Verbal


Memórias de abuso físico ou emocional e violência verbal são particularmente danosas. Elas podem criar uma sensação constante de medo, insegurança e baixa autoestima. Essas experiências podem levar a transtornos de ansiedade, depressão e outros problemas emocionais que afetam a qualidade de vida.


Rigidez Educacional e Bullying


Experiências de rigidez educacional e bullying durante a infância e adolescência podem deixar cicatrizes profundas. A pressão constante para alcançar padrões irrealistas e a humilhação pública podem resultar em um sentimento de inadequação e fracasso. Essas memórias podem desencadear uma busca incessante por perfeição e uma aversão ao fracasso, dificultando a aceitação de erros e a adaptação a novas situações.


Relacionamentos Tóxicos e Sentimento de Culpa


Relacionamentos tóxicos e sentimentos de culpa são outras fontes comuns de memórias tóxicas. A manipulação, controle e críticas constantes em um relacionamento podem minar a autoconfiança e a autoeficácia. O sentimento de culpa, muitas vezes cultivado por essas relações, pode levar a uma autocrítica severa e a uma visão distorcida de si mesmo.


Como Lidar com Memórias Tóxicas


Reconhecer a presença de memórias tóxicas é o primeiro passo para lidar com elas. Terapias como a hipnose podem ajudar a reprogramar padrões de pensamento e comportamento, permitindo a desativação dessas memórias negativas. A hipnose é uma ferramenta poderosa para acessar o subconsciente e reestruturar memórias de forma que elas não influenciem negativamente o presente.


Além disso, práticas de autocuidado, como meditação, mindfulness e exercícios físicos, podem ajudar a equilibrar as emoções e reduzir o impacto das memórias tóxicas. Construir uma rede de apoio com amigos, familiares e profissionais de saúde mental também é crucial para o processo de cura.


Conclusão


Problemas emocionais muitas vezes têm suas raízes em memórias tóxicas. Essas memórias, quando repetitivas e negativas, podem causar sofrimento emocional e dificultar o bem-estar. No entanto, com o reconhecimento e a abordagem adequada, é possível reprogramar esses padrões de pensamento e comportamento, promovendo a cura e o crescimento pessoal. As memórias moldam quem somos, mas não precisam definir nosso futuro. Sílvio Kniess Mates, Hipnólogo

Eu ajudo pessoas com depressão a se recuperarem, permitindo que voltem a ter uma vida mais feliz e plenamente integrada. Saiba mais em https://www.queromecurar.com/ 

5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page